Área de Formação - Higiene e Segurança no Trabalho

Técnico Superior de Segurança no Trabalho – Nível VI

O curso de Técnico Superior de Segurança no Trabalho, foi desenvolvido de modo a dotar os formandos de capacidades para mobilizar os conhecimentos, as aptidões e as atitudes necessárias ao exercício das atividades relativas ao desenvolvimento, implementação e acompanhamento dos processos de Higiene e Segurança no Trabalho nas empresas.
Preço sob consulta

Com início a 9 de Setembro
Duração de 5 Meses
No formato de E-Learning
Carga horária de 540 Horas

Por favor, preencha os dados abaixo para enviar a sua Pré Inscrição

Destinatários do curso

O presente curso é destinado a candidatos ativos ou desempregados, detentores de um curso superior, que pretendam exercer funções na área da Higiene e Segurança no Trabalho.

Saídas Profissionais

De acordo com as definições legais, o Técnico Superior de Segurança e Higiene do Trabalho é o profissional que organiza, desenvolve, coordena e controla as atividades de prevenção e de proteção contra os riscos profissionais no contexto dos serviços de segurança e saúde do trabalho.

As saídas profissionais para o técnico superior de segurança do trabalho incluem a direção dos serviços de higiene e segurança do trabalho em organizações públicas ou privadas, podendo ainda assumir a responsabilidade pelos serviços de segurança naquelas organizações. A prestação de serviços em empresas de consultoria na área de segurança e saúde ocupacionais são também saídas profissionais possíveis, realizando atividades como auditorias aos serviços de segurança e higiene ocupacionais, auditorias às condições de segurança saúde em organizações e elaboração de processos de avaliação de riscos.

Os conhecimentos adquiridos pelos Técnicos Superiores de Segurança permitem a prestação de formação profissional nesta área do conhecimento, também a colaboração com empresas representantes ou produtoras de equipamento técnico na área de SHT é uma possível atividade profissional, incluindo a sua especialização na utilização de equipamentos, instrumentos, técnicas e procedimentos em áreas particulares de segurança e prevenção ocupacionais.

Objetivos Gerais:

Pretende-se que no final do curso de formação, os formandos tenham adquirido as competências necessárias ao exercício da profissão de Técnico Superior de Segurança no Trabalho.

Objetivos Específicos:

No final do curso os formandos deverão ter assimilados os conhecimentos e atitudes necessárias a:

• Colaborar na definição da política geral da empresa relativa à prevenção de riscos, ao planeamento e implementação do correspondente sistema de gestão;
• Desenvolver as atividades de prevenção e proteção contra riscos profissionais;
• Coordenar e controlar as atividades de prevenção e proteção contra riscos profissionais;
• Dominar a gestão das atividades de segurança, higiene e saúde no trabalho;
• Identificar e avaliar riscos presentes e potenciais nas atividades laborais, permitindo operar ações de prevenção adequadas;
• Identificar, conhecer, interpretar os pontos essenciais da regulamentação e legislação específica da área;
• Preparar, coordenar e lecionar ações de formação e informação na área em causa aos trabalhadores e demais intervenientes nos locais de trabalho;
• Dar a conhecer metodologias próprias que permitam as empresas envolver todos os colaboradores numa nova atitude associada ao comportamento de (não) risco.
• Dinamizar processos de consulta e de participação dos trabalhadores;
• Desenvolver as relações da empresa com os organismos da rede de prevenção.

Certificação

O curso de formação inicial de Técnico Superior de Segurança no Trabalho só permite a obtenção do título profissional quando ministrado por entidades certificadas pelo ACT.

Após o término do curso, com aproveitamento, a emissão do título profissional de Técnico Superior de Segurança do Trabalho é requerida ao ACT pelos interessados.

Se o curso superior que tem, não foi obtido em Portugal, este dever estar devidamente reconhecido por uma Universidade portuguesa, sendo que na data de ingresso no curso já deve possuir este reconhecimento.

Vantagens de fazer Formação na nossa Entidade

– Entidade Certificada pelo ACT e pela DGERT;
– Formação Certificada e por isso dedutível em 30% nas despesas de IRS;
– Conteúdos disponíveis 24h/dia em qualquer local;
– Plataforma de formação à distância de fácil utilização;
– Preço competitivo e pagamento em prestações;
– Experiência desde 2002.

Programa

• Gestão das Organizações
• Técnicas de Informação, Comunicação e Negociação
• Psicossociologia do Trabalho
• Conceção e Gestão da Formação
• Legislação, Regulamentos e Normas de SST
• Noções de Estatística e Fiabilidade
• Gestão da Prevenção
• Ergonomia
• Higiene no Trabalho
• Segurança no Trabalho
• Avaliação dos Riscos Profissionais
• Controlo dos Riscos Profissionais
• Organização de Emergência
• Formação Prática em Contexto de Trabalho

O curso consiste numa componente teórico-modular totalmente à distância, composta por 13 módulos com um total de 420 horas de formação, após as quais os formandos terão 120h de formação prática em contexto de trabalho, numa empresa a designar.

O curso está organizado no formato e-learning c/ sessões assíncronas realizadas na nossa plataforma, de acordo c/ a sua disponibilidade diária de horário e cumprindo com as datas do cronograma.

Trata-se de formação inicial conferindo o acesso à atividade de Técnico Superior de Segurança no Trabalho.

Neste âmbito, compete-lhe o desenvolvimento das seguintes atividades:

• Colaborar na definição da política geral da empresa relativa à prevenção de riscos e planear e implementar o correspondente sistema de gestão;
• Desenvolver processos de avaliação de riscos profissionais;
• Conceber, programar e desenvolver medidas de prevenção e de protecção;
• Coordenar tecnicamente as actividades de segurança e higiene no trabalho, assegurando o enquadramento e a orientação técnica dos profissionais da área da segurança e higiene no trabalho;
• Participar na organização do trabalho;
• Gerir o processo de utilização de recursos externos nas actividades de prevenção e de protecção;
• Assegurar a organização da documentação necessária à gestão da prevenção na empresa;
• Promover a informação e a formação dos trabalhadores e demais intervenientes nos locais de trabalho;
• Promover a integração da prevenção nos sistemas de comunicação da empresa, preparando e disponibilizando a necessária informação específica;
• Dinamizar processos de consulta e de participação dos trabalhadores;
• Desenvolver as relações da empresa com os organismos da Rede Nacional de Prevenção de Riscos Profissionais.

Avaliações
Ainda não existem avaliações
Partilhar esta página
Poderá ter interesse em...